Aprendendo em 9 meses

julho 20, 2017

A natureza em sua perfeição nos da 9 meses para assimilarmos melhor uma nova vida que esta sendo gerada.

A pergunta que sempre me veio foi: Será que estou preparado? será que vou saber ser pai? Vou saber cuidar da minha esposa e filha? Qual temperamento dela? será menino? Menina?

A preocupação veio primeiro, minha esposa teve muito enjoo nos primeiros meses, então era preocupação com ela e com o bebê. Eu como esposo me vi na obrigação de protegê-la de certos comentários, e minhas respostas quando estava perto para responder. Segue a lista:

  1. Nossa, você está enjoando muito, você realmente está bem?
    R: Sim, ela está tão bem que esta gerando uma vida dentro dela, obrigado pela preocupação, enjoo faz parte da gravidez!
  2. Ela parece muito inchada, é normal?
    R: Ela inchada? que nada, inchado estou eu e nem grávido estou!
  3. Ai, para de contar que está grávida, deixa para avisar depois dos 3 meses, pode dar azar!
    R: Quem controla o dar ou tirar vida não são os outros e sim Deus, então se for da vontade dEle retirar, vamos sofrer, mas é da vontade dEle, enquanto isso vamos celebrar sim e alegrar com a noticia, você deveria ficar feliz também!
  4. Dorme muito agora que quando nascer você não vai dormir mais!
    R: Achei que ela estava grávida e não que iria virar zumbi! Fica tranquila, ela vai dormir sim, e o momento que estivermos cuidando da filha ou filho, vamos aproveitar, esse momento também vai passar e queremos lembrar com alegria!
  5. A barriga dela ainda não cresceu? A barriga está grande! A Barriga está pequena….
    R: A barriga dela está linda e perfeita, segundo a médica, ela e o bebê estão ótimos, obrigado!

Isso são algumas das que lembrei, dentre várias perguntas e comentários, uns mais maldosos, outros mais inocentes. Acredito que faz sim, parte do papel do homem, de pai, proteger e evitar que ela se irrite ou fique pensando alguma bobagem por um comentário bobo.

Deixo a sugestão de que sim, defenda, a mãe já vai passar por muita coisa no corpo, cabeça, mente, coração, não precisa de nada negativo.

Fiz certo ou errado? Realmente não tenho como afirmar, mas no momento achei o certo a fazer. E se fiz errado, vou aprendendo. A tarefa de ser pai ninguém nasce sabendo, vamos aprendendo, errando e acertando.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *